5 Truques para tirar fotos de roupas para o seu E-commerce

A qualidade das fotos que estão no seu E-commerce influenciam muito na tomada de decisão do cliente. E, se tratando de roupas, fica ainda mais evidente que a imagem conta muito na hora da compra. 

Como não é possível que o consumidor esteja com os produtos fisicamente, a única forma de aproximá-lo da roupa é por meio de fotografias. Portanto, caprichar em boas fotos é fundamental tanto para suas vendas quanto para o seu público.

Buscando te ajudar a criar um catálogo on-line com fotos incríveis para o seu negócio, separamos algumas dicas fundamentais. Você vai saber tudo o que precisa para criar imagens que chamem a atenção dos clientes e potencializar suas vendas.

Confira abaixo!

O poder de uma imagem na hora de vender roupas on-line

É provável que você já tenha desistido de uma compra por conta de uma imagem, mesmo que o preço estivesse bom… 

Isso ocorre porque, como o consumidor não tem acesso ao produto físico, ele precisa se deparar com imagens que o aproximem ao máximo do produto. Além disso, uma foto ruim acaba deixando uma loja on-line com cara de amador.

E é preciso profissionalismo para passar confiança ao cliente…

Outro ponto importante é que, como boas fotos chamam atenção, isso atrai mais público, o que gera mais tráfego. Com mais tráfego, o seu e-commerce começa a ficar cada vez mais relevante em sites de busca.

Não só…

Como as redes sociais são aliadas na hora de vender pela internet, ter boas imagens de roupas também agrega valor nessas plataformas. Seu público fica mais interessado pela sua marca e há ainda mais possibilidades de conexão com seus clientes.

Mas lembre-se: nada de só criar um feed bonito da sua marca, pois as pessoas querem conteúdos enriquecedores. Foque em uma boa identidade visual sem esquecer de conteúdos dos quais sua persona gosta.

5 Dicas para tirar fotos de roupas para seu E-commerce

1 – Entenda seu público

É a partir do seu público que você vai conseguir se guiar, portanto é muito importante que você entenda tudo sobre ele. 

Por exemplo, se o seu público é skatista, um local que não pode faltar na hora de tirar fotos é uma pista de skate. Se o seu público tem uma energia mais voltada para o campo, para o interior, um local com muito verde e móveis rústicos é uma boa opção na hora de montar os cenários. 

O seu público não compra apenas roupas, ele compra uma imagem. Seja de estilo de vida, seja profissional, status… O consumidor não só com o produto, mas, principalmente, com o que esse produto vai proporcionar a ele.

Parar um tempo para pensar como o seu cliente é um exercício que vale a pena fazer. Dessa forma, você vai ter uma ideia de qual é o seu objetivo ao tirar uma foto das roupas.

2 – Aposte na iluminação

Mesmo que você não tenha softbox, você pode usar a iluminação ambiente – o que fica ainda mais natural. Escolha um dia que faça bastante sol e que seja bem iluminado para tirar as fotos. Fotos com uma luz estourada ou com pouca iluminação acabam com o desejo do cliente de comprar o produto.

3 – Se atente ao enquadramento

Dar destaque ao produto é FUNDAMENTAL! 

Não adianta nada tirar uma foto com o produto, mas sem que o produto seja o protagonista da imagem. Lembre-se que as roupas que você quer vender podem ser tiradas com outros elementos para compor a fotografia, mas ela precisam se destacar mais do que o resto.

Por exemplo, se você vende camisetas personalizadas, pode compor o cenário com algum short, relógio, bolsa, cinto… Mas esses itens devem estar visualmente como parte de um conjunto e não se destacando tanto assim. O que é preciso enquadrar mesmo e dar destaque é a camisa personalizada que você quer vender.

Nos smartphones, há a opção de tirar fotos com uma grade na tela do aparelho. Essa grade ajuda muito na hora de fazer o enquadramento, pois mantém o objeto centralizado e bem posicionado na foto.

Por exemplo, a imagem ao lado é muito bem feita, mas não está destacando nada.

Já esta imagem tem uma composição parecida, mas a camiseta está em destaque.

4 – Explore ângulos diferentes

Muitas imagens chamam mais atenção por conta do ângulo que foram tiradas e explorar os ângulos dos seus produtos é essencial. Por exemplo, se o produto tiver detalhes, ter fotos que mostram nitidamente como eles são, dá uma noção ainda melhor do item para o cliente. 

Mostrar algum detalhe no desenho da estampa de uma camiseta, como a definição, ou a cor da arte estampada, é algo a se levar em conta. Às vezes, quando um desenho está apenas no computador, as cores podem parecer de um jeito e, no produto, de outro. Usar as fotos dos produtos, focando em detalhes seus peculiaridades é importante.

Uma dica importante é posicionar a câmera de um jeito que você mude apenas a posição do produto. Isso ajuda a manter a identidade visual, pois o resto do cenário está igual.

Nada impede que você explore os ângulos mudando a câmera de lugar, mas tenha cuidado para não perder a identidade.

5 – Edite as fotos

Já reparou que muitas vezes as fotos não são fiéis às cores dos produtos que vemos com nossos próprios olhos? 

É por isso que editar as fotos é um passo importante, é nessa hora que a imagem ganha mais vida. Editar as fotos também evita muito que seu cliente se frustre quando o produto chegar. Mas tenha cuidado na hora de mexer nas cores para não exagerar e ficar muito diferente da realidade – ou até falso.

Além das cores, recortar as imagens de forma padronizada também é importante para a identidade visual. Evite colocar fotos com muitas diferenças de tamanhos variados.

Dica: ao editar e padronizar suas imagens, crie um arquivo com o passo a passo, como se fosse um manual, para que a sua equipe possa aplicá-los de forma correta.

Para editar suas fotos, você pode usar o Photoshop, Adobe Lightroom, Adobe Spark ou um editor on-line como o Fotor.

Divulgue as fotos das roupas

Com as imagens prontas para serem postadas, você precisa se atentar para algumas peculiaridades de cada canal. Por exemplo, se você postar as fotos na loja virtual, coloque todas as imagens que estiverem prontas de cada produto de uma vez. Acrescentar aos poucos as imagens pode não ser interessante quando se trata de site, porque o consumidor que entrar pode achar o E-commerce amador e não se sentir seguro para comprar.

Por outro lado, se você for publicar nas redes sociais como o Instagram, não é interessante fazer muitas publicações de uma vez só. O máximo que pode ser feito é criar um carrossel com as imagens de um mesmo produto ou até mesmo do seu catálogo para não publicar tudo em posts diferentes. Porém, é recomendado que você faça as postagens aos poucos para o Instagram entregar para o público. Entenda quais são os melhores horários e dias para postar no perfil da sua marca para aproveitar ao máximo. Vale também investir em anúncios nessas plataformas.

Um dica para as redes sociais é não colocar apenas fotos de produtos, criar conteúdo que agregue valor é essencial para se aproximar do seu público. Você pode fazer conteúdos sobre os bastidores do seu negócio e até falar sobre algumas curiosidades sobre o seu nicho. Quanto mais trouxer informações interessantes, que seu público se identifique, melhor.

2 comentários

  1. Sônia francusco

    Preciso de camisetas lisas e diversas cores para doação. PARA CRIANÇAS
    DESTINO DOAÇÃO
    FAVOR MANDAR PREÇO ATACADO
    50 unidades inicial enre

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s