Conheça alguns tipos de tecidos usados em camisetas

Para criar um negócio no universo da estamparia, é preciso estar atento a vários detalhes como técnica usada, arte das estampas, qualidade do tecido, tamanhos que serão utilizados… 

Porém, um grande cuidado é na hora de escolher quais serão as malhas usadas nas camisetas. Isso porque cada tecido possui uma finalidade e não é qualquer um que se adequa a qualquer técnica.

Por exemplo, existem tecidos que só funcionam em técnicas de estamparia como a Silk digital. Outros, só com a técnica de sublimação. Você pode conferir sobre as técnicas que temos no artigo Diferenciando as técnicas de estamparia da Dimona.

O primeiro passo é definir qual será a finalidade de cada camisa para conseguir escolher a que melhor se adaptar ao seu negócio. Afinal, se a sua marca é focada na prática de esportes, um tecido todo de algodão pode não fazer sentido, uma vez que o algodão não evapora o suor com muita facilidade.

Abaixo, confira um pouco mais sobre os tipos de tecidos para entender qual pode fazer mais sentido para você ou para o seu negócio.

Conheça alguns tipos de tecidos para camisetas

Cardada

É um tecido feito com 100% algodão e tem uma boa aceitação de estampas. Possui um toque suave e macio. 

O preparo do tecido é feito com o auxílio de cardas que trançam o tecido, por isso o nome “cardada”. As fibras do algodão não são penteadas antes desse processo. São utilizadas fibras puras, sem a retirada de impurezas. Isso faz com que a malha apresente um aspecto mais irregular, mais simples e apresente algumas fibras curtas (provenientes do algodão).

Conforme o uso desse tecido de algodão para camiseta, formam-se bolinhas com facilidade. Os fios podem variar entre 24.1, 26.1 e 28.1 (quanto maior o número, melhor será o tecido).

Na Dimona, esse tipo de malha é encontrada na linha Classic com fio 24.1. É ideal para camisas de eventos e ações de marketing, por exemplo, com um ótimo custo-benefício.

Penteada

A malha penteada também é em 100% algodão. Porém, comparando com a cardada, apresenta uma qualidade de fio superior. É um tecido com fio 30.1, considerado resistente. É indicado para eventos e para uso no dia a dia, principalmente em lugares e dias mais quentes.

Diferente da cardada, a malha penteada passa por uma penteadeira que deixa as fibras bem regulares antes de tecer o fio. Isso deixa o aspecto da peça mais bonito e de melhor qualidade. A linha Quality da Dimona é feita com a malha penteada.

Lixada

Aqui, na Dimona, a linha Prime é feita com tecido 100% algodão, com fio 26.1 e que passa por todos os processos citados acima, mas também por um lixamento. Esse processo é feito com lixas que deixam o tecido ainda mais macio, com um aspecto de pele de pêssego.

Primeiramente, as fibras de algodão são penteadas e depois de pronto, o tecido é lixado. Esse processo é literalmente feito com lixas, como o próprio nome diz. O tecido passa em contato em cilindros giratório em alta velocidade recobertos com lixa, criando no tecido um aspecto de toque chamado ‘pele de pêssego’.Se você passar a mão, é possível sentir o toque aveludado.

Estonada

A camisa estonada é 100% de algodão, a diferença é que é feito um processo de lavagem industrial, onde se utiliza pedras para desgastar a malha e proporcionar uma aparência gasta. Como a camiseta passa por uma lavagem bruto, a costura é reforçada e a malha é mais grossa. Esse tipo de tecido é ideal para um visual mais descolado e jovem. Na Dimona, temos diversas cores e tamanhos. 

Dry (ou dry fit)

Feita de 100% poliéster, geralmente é indicada para práticas esportivas. Une o conforto, a durabilidade e o caimento em um só material, além de ser excelente em retenção de suor e ter secagem rápida.

Depois de conhecer os principais materiais, é necessário considerar os objetivos do seu negócio para, então, escolher o tecido: se você deseja personalizar camisetas para atividades físicas, por exemplo, a malha dry é a mais adequada. Já para o dia a dia, a de algodão é mais confortável.

Agora, em relação à estampagem (considerando a qualidade da cor das imagens e a durabilidade), os tecidos de algodão têm resultados melhores com impressões a laser e os sintéticos com procedimentos de sublimação.

Viscolycra

A viscolycra é uma das malhas mais antigas do mundo. Ela é feita com elastano e viscose que deixa o tecido bem leve no corpo, com um toque macio e gostoso de vestir. Quando esticado, esse tecido volta à forma original sem que haja deformação. É ideal para dias bem quentes, pois sua leveza proporciona uma sensação térmica agradável e confortável. Ideal para estampar artes que combinam com você!

Na Dimona, os fios utilizados na fabricação das malhas em viscolycra são feitos com fibras obtidas através de madeira de reflorestamento, respeitando as normas do programa ZDHC.

Sublimática

A malha sublimática é 100% poliéster, tendo como característica a secagem rápida e sendo mais difícil ficar amarrotada. Vem sendo aplicada em diversos segmentos como uniformes, abadás, camisetas promocionais e roupas esportivas.

Homem vestindo uma camisa branca de malha sublimática

Malha Piquet

A malha piquet é um tecido elegante que possui uma textura em alto relevo, com textura leve e macia. É muito usado em camisas pólo para ser usado no dia a dia ou em lugares mais formais como trabalho.

Conheça algumas modelagens usadas nas camisetas 

Além da malha das camisetas, deve-se atentar para a modelagem como os cortes e as golas. Abaixo, a gente te conta um pouco dos tipos de cortes e golas disponíveis. Confira!

Golas

Existem três tipos de golas que são bastante utilizados:

  • Gola Redonda: é o tipo mais tradicional de gola, muito usado nas camisetas do dia a dia, seja para modelagem feminina ou masculina. Ela é justa no pescoço e dá a impressão de ombros mais largos.
  • Gola em V: é um corte em formato de V, mais cavada que a gola redonda e que deixa o colo mais à vista. Quando usada, tende a deixar o pescoço e a silhueta mais alongados.
  • Gola em Canoa: é um corte mais amplo e arredondado em que deixa as clavículas mais expostas.
Mulher vestindo uma camisa vermelha em gola v

Cortes

  • Tradicional: aquele corte mais reto e que, geralmente, tem o comprimento na altura do quadril. Normalmente é um corte mais usado para modelagem masculina.  
  • Acinturado: é um corte que acompanha as linhas do tronco, sendo mais justa na cintura.
  • Baby look: é um modelo mais acinturado, mas mais curto no comprimento. A altura fica abaixo da cintura e acima do quadril.

Na Dimona, você encontra diversas malhas, modelagens e cortes para estampar do jeito que quiser. Confira no nosso site: http://camisadimona.com.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s