DTG ou Serigrafia: Entenda a diferença entre elas

Entre diversas técnicas de estamparias, há duas que se destacam bastante: a DTG e a Serigrafia. A serigrafia é a técnica mais antiga, mas que ainda é muito usada. Já a técnica de Direct to Garment (DTG) – ou estamparia digital direta –  é a mais nova, fruto da inovação e tecnologia.

Mesmo ambas sendo muito utilizadas nos dias de hoje, cada uma possui suas diferenças, vantagens e desvantagens, que dependem do objetivo de cada um… 

Por exemplo, para criar camisas personalizadas com um desenho mais simples, de cores sólidas, o ideal é a serigrafia. Por outro lado, se a arte for um desenho mais complexo, com maior número de cor e tonalidades, o DTG é o mais adequado.

Abaixo você confere tudo sobre cada técnica. Confira!

O que você precisa saber sobre a técnica de Serigrafia

Também chamada de Silk Screen, a serigrafia é uma técnica de estamparia de impressão em que a tinta penetra em uma tela e vaza, por um puxador, em locais determinados para estampar o tecido. 

Funciona assim: 

A tela utilizada na técnica é previamente preparada com o desenho para estampar. Caso o desenho tenha mais de uma cor, uma tela é preparada para cada uma das cores. 

    

Quando as telas estão prontas, elas vão sendo colocadas nas camisas, de acordo com cada cor. Cada cor é passada em uma tela e, com um puxador, se faz o movimento de espalhar a tinta.Com o movimento e pressão, a tinta vaza pela tela e espalha na superfície do tecido.

Após todo esse processo feito com cada cor de tinta, a camisa personalizada é direcionada para o processo de secagem, feito através de berços térmicos.

Uma dica para quem opta por usar a técnica de serigrafia é usá-la quando grandes quantidades de camisetas precisam ser estampadas. Isso porque uma mesma tela poderá ser usada em várias peças, o que diminui o custo de produção.

Serigrafia automatizada: Conheça o Silk Carrossel

Além da Serigrafia manual, em que as pessoas passam o puxador com a tinta na tela com a mão, há um outro tipo de técnica parecida, mas de forma automatizada. 

Conhecido como Silk Carrossel, essa técnica de estamparia é feita por uma máquina que faz todo o processo de passar a tinta pela tela para estampar a camisa.

Por ser feita por uma máquina, essa técnica alcança mais precisão que a manual. Sua utilização é indicada para encomendas de no mínimo 200 peças por estampa e assim como o Silk Screen, é necessária a revelação de telas (uma para cada cor).

Confira mais sobre essa técnica no vídeo abaixo:

O que você precisa saber sobre a técnica de DTG

A técnica de Estamparia Digital Direta – em inglês Direct to Garment (DTG), como o próprio nome sugere, permite que a estampa seja feita diretamente no tecido por meio de uma impressora.

A estampa sai exatamente como a arte é vista na imagem, igual as impressoras de papel, sabe? Mas diretamente a camisa!

Esse tipo de técnica é uma das mais atuais no mercado e engloba tecnologia, rapidez e qualidade. 

Funciona assim: 

Você seleciona a arte que quer estampar no computador e programa para que ele envie para a impressora com a camisa pronta para ser estampada. Como a imagem sai diretamente na camisa, é possível estampar qualquer tipo de arte, desde traços até uma fotografia, por exemplo. 

Esse tipo de técnica é ideal para imagens com incontáveis cores e variações de tonalidade. As cores são mais vivas e duráveis no tecido. Além disso, a agilidade e o custo-benefício são bastante interessantes.

Como é uma técnica que não precisa de um número mínimo para estampar, é possível fazer tanto uma camisa só quanto milhares. E o melhor: as estampas podem ser diferentes! É só programar a ordem e estampas no computador.

Essa dinâmica abre possibilidades para marcas venderem camisas sob demanda, sem a necessidade de se ter estoques. 

Você pode conferir mais sobre impressão sob demanda no nosso artigo Dropshipping de Camisetas: a impressão sob demanda está abrindo novos mundo de oportunidades.

Silk Digital e Silk Digital HD: conheça as melhores técnicas em DTG

O Silk Digital e o Silk Digital HD são técnicas de impressão digital revolucionárias no mundo da estamparia. 

Na técnica de Silk Digital, a impressão é feita com fixador, base branca e cores CMYK. A resolução é excelente, porém algumas cores específicas, como o vermelho, podem ficar um pouco diferente do que é visto na arte no computador. 

Uma outra questão importante nessa técnica é o fixador que acaba deixando um cheiro após a secagem. Apesar do cheiro ser eliminado na primeira lavagem, pode ser um ponto negativo para marcas de camisas, pois as camisas podem chegar com esse cheiro para o cliente.

Para solucionar essas questões, o Silk Digital HD foi criado! Além do branco+CMYK, foram desenvolvidas duas cores auxiliares que possibilitaram a criação de mais de 64 milhões de cores para impressão. As tintas usadas no Silk Digital HD são  biodegradáveis, todo o processo é realizado sem água e com emissão zero de CO2. 

O Silk Digital HD permite a definição exata da tonalidade através do número pantone de cada estampa. E a questão do cheiro do fixador também foi solucionada, pois o fixador usado nessa técnica é inodoro.

Prós e contras de cada técnica de estamparia

Vantagens da Serigrafia

  • caso sejam muitas camisas personalizadas com a mesma arte, possui um ótimo custo-benefício; 
  • as melhores artes para estampar com esse tipo de técnica são as simples, as que têm traços. Ou seja, artes que é possível contar o número de cores;
  • investimento inicial médio;

Desvantagens da Serigrafia

  • possui cores, tonalidades e resolução limitadas;
  • só é possível estampar um tipo de arte por lote; 
  • muitas cores em uma estampa faz a técnica sair mais cara.

Vantagens do DTG

  • é possível estampar artes com muitas cores e tonalidades;
  • tem uma ótima resolução, o que faz a estampa ser mais detalhada;
  • ideal para pedidos menores.

Desvantagens do DTG

  • limitado para tecidos de algodão;
  • quando se tem produção maior de camisas, fica mais caro;

Conheça outros tipos de técnicas de estamparia da Dimona

Serigrafia e DTG são algumas das técnicas utilizadas nesse universo da estamparia. Porém, há diversas outras técnicas que podem ser usadas e até mais coerentes com o seu objetivo.

A Dimona  possui várias  técnicas de estamparia para atender as mais diferentes demandas de camisetas personalizadas. De acordo com o resultado desejado em sua estampa, oferecemos diferentes soluções
Conheça mais sobre as diferentes técnicas no artigo Diferenciando as Técnicas de Estamparia da Dimona.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s