Felipe guga abre sua própria loja de camisas com sua arte

Amor, luz, gratidão e fé… São essas energias que o artista plástico, Felipe Guga, acredita que está faltando no mundo e que ele busca resgatar com sua arte. Ilustrador profissional há 15 anos, desde 2015 começou a postar seus trabalhos no Instagram (@ofelipeguga), plataforma que ajudou a viralizar suas criações e que já conta com mais de meio milhão de seguidores. “Eu acredito que essa mensagem se espalhou e não foi a toa. É uma coisa que reverbera nas pessoas.”, comenta Guga em seu estúdio em Botafogo. 

De acordo com ele, tudo começou de forma espontânea, buscando falar sobre sentimentos positivos que sempre acreditou, mas que, no dia a dia, não via nas pessoas. Sua arte consiste em espalhar o amor e fortalecer a fé, sentimentos que ele condensa através de cores, formas simples e um traço quase “infantil” de forma proposital, por achar que o mundo já está bastante complexo e que é preciso retomar para uma certa ingenuidade na vida.

Antes de começar a desenvolver seus próprios traços, trabalhou para mais de 30 marcas de roupas no Brasil e mais de 20 agências pelo mundo. Apesar desse sucesso profissional na época, algo o incomodava. Começou a sentir que perdia a sua identidade – já que seus trabalhos eram de acordo com o que o cliente queria – e precisava reencontrar sua essência. Foi entre 2014 e 2015 que decidiu parar de trabalhar para terceiros e começou sua jornada de autoconhecimento que transparece hoje em seus desenhos.

Guga conta que, hoje em dia, quando começa a desenhar, é algo que flui de forma natural, que não precisa pensar no que vai fazer. Ele criou um universo particular, com seus próprios personagens, cenários e frases ilimitadas, que expande cada vez mais sua criatividade e o aproxima de sua essência. Mas afirma que, às vezes, acredita que seu público já se esgotou, que quem gosta do seu trabalho já o conhece e que pode estar ultrapassado.

A realidade, por outro lado, não é bem assim…

Diariamente novas ideias surgem e um leque de possibilidades e novas dimensões é aberto. O público que achava que já tinha se esgotado é aumentado com gerações mais novas que começaram a segui-lo. “Eu acho isso muito legal. Fico pensando… se eu achava que poderia ficar algum dia ultrapassado, ou só aquela geração que começou vai me acompanhar, não. Toda hora está vindo gente nova”, comenta.

Ele também acredita que continua a alcançar mais e mais pessoas por estar sempre criando e postando no Instagram, principalmente com artes sobre assuntos do momento. De tudo que desenha até hoje, as que mais explodiram, foram sempre sobre algum assunto polêmico, desde covid à queimadas na Amazônia. Esses trabalhos criaram identificação com o público, que repostava e viralizava.

“O melhor dos mundos”: arte e dropshipping de camisetas personalizadas

Agora, o artista quer ampliar seus horizontes e levar sua mensagem do on-line para o off-line por meio de camisetas personalizadas com suas artes. 

Por já ter trabalhado com moda por 10 anos, esse processo de fazer camisas foi bem natural. Mas, agora, colocar sua própria identidade nas estampas ganha um significado ainda mais especial. “A camiseta traz para a vida real, que, para mim, é a mídia que mais gosto. As pessoas estão cada vez mais conectadas com o mundo virtual e eu estou sempre buscando inspiração em tudo que faço, na vida real. Então, acho que a camiseta traz esse mundo virtual para o mundo real”, explica.

Guga comenta que já tentou ter sua própria marca de camisas, mas que não conseguia lidar com todas as funções como o estoque, entrega… Então, acabou desistindo na época. Hoje, com a parceria com a Dimona, isso mudou e ele tem sua própria loja integrada com o nosso sistema de dropshipping e tem que se preocupar “somente” com suas artes.

“A Dimona que vai fazer tudo, só vou deixar a loja on-line e eles vão gerenciar tudo, vão fazer entrega. Não tem estoque também que, para mim, é importantíssimo, porque é uma dor de cabeça para quem faz a própria marca. Acho que isso tudo é o mundo ideal. Ainda mais para mim, que sempre quis fazer uma coleção, não ter esse tipo de preocupação. Só vou expor as artes e, todo o resto, eles resolvem. Isso para mim é o melhor dos mundos”, relata.

O dropshipping de camisetas da Dimona funciona para todo mundo que quer personalizar camisas com sua arte, assim como o Guga, e abrir uma marca de camisetas. Quer saber mais como funciona esse universo? Confira nosso artigo sobre O que é Dropshipping de Camisetas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s