Comvida20: A transformação de máscaras e camisetas em uma história de solidariedade.

Criada a partir do desenho de Manu, a campanha Comvida20 teve início bem no começo da pandemia e contou com o apoio e estímulo de diversas pessoas e instituições.

O contágio do bem funciona da seguinte forma: a cada 2 kits (de camiseta + máscara) vendidos uma cesta básica é entregue. Essa campanha tem feito a diferença na vida de tantas pessoas, que ganhou até um mini documentário contando sobre como começou todo esse movimento e a proporção que ele está tomando até hoje.

O mini documentário foi uma produção do Clube Mídia, que entrou nesse projeto com a missão de ajudar na divulgação, contando essa história, e engajando mais pessoas a participar. Ele também conta com a participação de todos os envolvidos nesse contágio do bem:

Manu Oliveira (ilustração), Ellen Dobrowolski (iniciativa e execução), Leonardo Zonenschein e Roberto Todor (execução), Igor Blumberg (apoio estratégico), Dimona (parceiro master), Instituto da Criança (Gestão Social), Comida Com Amor (apoio distribuição), Clube Mídia (apoio audiovisual), Thulse Audiovisual (filmagem Fulni-ô), os apoiadores da comunicação e todos que estiveram de alguma forma envolvidos.

Preparamos aqui uma breve matéria apresentando esse forte elenco de solidariedade que foi essencial para que essa linda história fosse construída!

Os primeiros contagiados:

Ellen, mãe de Manu, enviou o desenho no grupo do WhatsApp da turma de sua filha e na mesma hora os participantes adoraram a ideia e se interessaram em adquirir produtos, como camisetas, com sua arte.

Ao ver o desenho, Toddor, que é pai de uma colega de turma da Manu, entrou em contato com Ellen para sugerir uma forma de confeccionar as camisas. Nesse contato, ela lhe apresentou a ideia da campanha e foi aí que tudo começou.

Toddor entrou em contato com o Léo, sócio/diretor da Dimona, que prontamente comprou a ideia, iniciando assim a fase de construção da campanha. Eles pensaram juntos em como transformar o desenho da Manu em uma bandeira de solidariedade e como dar início a um contágio do bem.

Em apenas duas semanas já estava tudo organizado e a Dimona ofereceu toda sua estrutura e se mobilizou em fazer com que o lindo desenho da Manu desse forma a camisetas e máscaras.

O vírus do bem:

Quando criou o desenho, Manu pensou justamente em levar esperança para o futuro, não só das pessoas, mas da natureza também. Durante o documentário ela ressalta a importância de lembrarmos que “a natureza sempre esteve à disposição do homem, mas a partir desse momento devemos repensar esse consumo”.

Ela deu outro significado para o símbolo do vírus, transformando-o em um planeta, cheio de vida. E é com essa vitalidade que a campanha tem crescido a cada dia, contado com o apoio de diversos artistas e pessoas envolvidas em fazer o bem.

Para o Léo, a grande questão desse momento foi a construção de pontes. Para que o Comvida20 desse certo, cada um entrou com suas ferramentas, viabilizando a ação e resultando em um grande contágio do bem, como pode ser visto.

Além da Dimona, que apoiou na confecção de camisetas e máscaras, a campanha também contou com um forte apoio do Instituto da Criança no direcionamento das doações, e principalmente dos voluntários que garantem, pessoalmente, que cada doação chegue nas mão de quem precisa.

O Instituto da Criança é o gestor social da campanha. Ele que identifica e entra em contato com as instituições que precisam, auditando as doações. Essa auditoria é feita após cada entrega, onde é apresentado um relatório a respeito do destino das doações, passando assim mais segurança e confiabilidade aos doadores.

Ao olhar para o próximo, a campanha vem despertando gratidão por onde passa. No momento em que diversas pessoas estão sem poder trabalhar e precisando de ajuda, toda doação faz muita diferença. Com a campanha e suas parcerias, as necessidades básicas de famílias puderam ser garantidas, e alguns cases podem ser conferidos no vídeo, como as doações entregues a alunos que dependiam das refeições distribuídas em suas escolas e as 2,6 toneladas de alimentos para a Aldeia Fulni-ô em Pernambuco.

Os voluntários colocam todo o amor que têm em suas mãos para ajudar o próximo e nesse momento onde todo o apoio social é muito bem vindo, é essa união de pessoas com esse objetivo de solidarizar, que faz a campanha dar certo.

Para participar desse contágio através dos kits de camiseta + máscara, basta adquirir no site: camisadimona.com.br/comvida20 e enviar para um amigo, convidando-o a dar continuidade a esse contágio do bem.

Caso queira saber mais sobre a campanha e acompanhar os resultados das ações, siga @com_vida_20 no Instagram.

Não é por mim. É pelo nosso futuro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s