A Dimona é uma empresa familiar com muita história pra contar. São décadas investindo em diferentes e avançadas técnicas de estamparia, buscando renovação e crescimento.

Sabemos que nada no ramo empresarial começa pronto, tudo é fruto de anos de trabalho e dedicação, e aqui não seria diferente. Já tivemos outros nomes, vendemos diversos produtos e passamos por muita coisa até chegarmos à Dimona que você conhece, especializada em estamparia.

Temos buscado dar voz às histórias de nossos clientes, mas hoje é vez de darmos voz para a nossa própria. E ninguém melhor do que a dona Sarina, esposa do fundador da Dimona, para nos contar como tudo começou!

Sarina Nigri Blumberg
Nascida em 1934, Sarina morou no Centro do Rio de Janeiro até seus 15 anos, quando foi para a Tijuca. Se formou como professora em 1954 pelo instituto de Educação Marize Barros e trabalhou durante 30 anos com o primário (da 1ª a 5ª série) em diversas escolas no Rio.

Em 1959, ela se casou com Seweryn, o fundador da Dimona. Nascido na Polônia em 1931, Seweryn foi criado pela prima de sua mãe pois seus pais haviam se separado muito cedo. Durante o período de guerra (aos 8 anos) ele foi para a Sibéria se esconder onde morou em orfanatos até seus 15 anos.

De lá, Seweryn foi para Moscow, onde estudou em escolas não Judias e ao retornar pra Polônia, se inscreveu para ir para Israel. Mais para frente, enquanto morava no norte da Itália, na França, Seweryn descobriu através de um tio, que sua mãe estava viva e morando no Brasil. Ele escreveu para sua mãe e ela foi até lá para encontrá-lo.

Pouco depois Seweryn veio para o Brasil, onde conheceu sua esposa Sarina, aproximadamente 8 anos após já estar tentando renovar sua vida aqui.

Em setembro de 59 eles se casaram e a partir daí a história da Dimona começou!

Seweryn sempre teve um espírito empreendedor, ele comprava peças no Centro e vendia nos morros, trabalho conhecido como “mascate”.
As vendas corriam bem, até que os irmão da Sarina abriram uma loja no centro e levaram Seweryn para trabalhar como Gerente na Dália (loja de cama e mesa que na época se chamava Nitex).

Em 61 nasceu o primeiro filho, Eduardo e em 64 veio o Luis.

Seweryn queria muito abrir uma loja própria e conseguiram fazer isso ainda com o Luis pequeno, em 1967. Os irmãos da Sarina forneceram todo o material e assim eles começaram, na rua Senhor dos Passos, vendendo roupa íntima, camiseta, roupa de cama e mesa, calça jeans e etc. Era tanta variedade que a própria Sarina se vestia toda com os produtos.

As coisas começaram a mudar quando, durante uma feira em São Paulo, eles viram uma máquina de estampar camisetas. A impressora manual ficava na frente da loja e fazia muito sucesso. Era colocado letra por letra pra realizar a estampa e caso errassem uma, era necessário refazer tudo.

Naquela época, as vendedoras eram na maioria mulheres e as vendas ocorriam muito na base da confiança (fiado), onde tudo era tudo era anotado em um caderninho. Sarina trabalhava como professora pela manhã e na parte da tarde trabalhava junto com seu marido, até 1982, quando passou a ficar apenas na loja.

Ocorreu uma diminuição no número de vendedoras que iam direto na casa dos clientes (o que era um modelo de vendas muito específico) e foi aí que começamos a nos voltar para a venda de camisetas personalizadas.

A Dimona já contava com outras máquinas e outras lojas quando os filhos resolveram trabalhar junto também.

Seweryn com o filho Eduardo, na loja da Rua Senhor dos Passos 59.

“No meio do caminho passamos por dificuldades, mas conseguimos superar e vimos outras oportunidades surgirem! Uma das primeiras lojas no shopping Tijuca precisou de um grande investimento, praticamente um apartamento vendido. Isso foi um risco muito grande mas valeu a pena pelo aprendizado” nos conta Sarina.

Uma das possibilidades de nome para a empresa era Verona, para homenagear a cidade na Itália onde o Seweryn ficou. Porém, já havia outra empresa com esse nome registrado. Então o filho Luis sugeriu o nome Dimona por ser parecido e por ser o nome de uma cidade que ele havia conhecido durante um período em que estudou em Israel.

O filho mais velho, Eduardo, casou-se com Silvia e sua filha Fernanda e o enteado Leonardo têm dado continuidade aos seus passos aqui na Dimona. E Luis, o mais novo, casou-se com Elaine e dos 3 filhos, Igor, Eric e Karine, 2 também já fazem parte da Dimona.

“Começamos em um momento que era novidade e dá muito orgulho ver tudo isso se transformando. Gente nova, com sangue novo, traz outras ideias! Agora tem o Leonardo, o Igor e as netas Karina e Fernanda para dar andamento.”, nos conta Sarina.

Seweryn trabalhou até não poder mais e dona Sarina acredita que como o pai era empreendedor, os filhos acabaram sendo contagiados com esse “gostar”. O trabalho era uma forma de dar consistência, cuidar financeiramente e “salvar a vida”.

“Eu já trabalhava com crianças então eu exigi muito deles, pois eu não queria que debandassem. Demos liberdade de cada um fazer o que quisesse, mas sempre fomos muito rígidos quanto a estudar ou trabalhar.” Diz dona Sarina sobre a educação dos filhos e netos.

Dona Sarina, que ajudou no crescimento da empresa e cuidou muito sabiamente da educação dos netos e filhos, deixou o exemplo de Seweryn como inspiração para as novas gerações que estão à frente da Dimona. Ela acredita que o segredo para o crescimento é nunca desistir, e é essa mesma perseverança que ela espera ver no futuro da Dimona.

“Fermentamos e deixamos agora tudo nas mãos deles. Meu conselho é nunca parar, sempre continuar. Da mesma forma que Seweryn fez.”

Veja no que esse sonho se transformou…

Hoje a Dimona é a maior marca de personalização do Rio de Janeiro, oferecendo o mais completo conjunto de técnicas de estamparia do Mercado. Hoje possuímos 5 lojas físicas no Rio de Janeiro e vendemos online para todo o Brasil. Recentemente, inauguramos a mais moderna fábrica de camisetas composta por costureiras do Rio e o nosso corpo de funcionários só tem aumentado a cada ano.

Com os nossos anos de experiência, estivemos presente através das camisetas em diversos grandes eventos como o Rock In Rio, Olimpíadas, Copa América, JMJ e nos principais blocos de carnaval do Rio. Além disso, estamos investindo em novas peças personalizáveis e e já contamos com diversos acessórios no nosso portfólio.

Nossas Lojas:

Loja Dimona em Copacabana – Rua Figueiredo Magalhães 285.
Temos 3 lojas no Centro do Rio de Janeiro (Rua Senhor dos Passos 59 e 228, e Rua Buenos Aires 334).
Nossa loja Dimona no Shopping Uptown na Barra da Tijuca.

Estamos investindo cada dia mais em tecnologia de ponta para oferecer o melhor em personalização para os nossos clientes! Conheça mais em nosso site: www.dimona.com.br

Nosso Centro de distribuição em Caxias.