Ao vestir uma camiseta ninguém imagina os inúmeros processos utilizados até a peça se ajustar ao corpo.
Para chegar ao produto final dezenas de empresas são envolvidas neste processo que emprega mão de obra aos milhares.
Todas as camisetas lisas ou personalizadas da Dimona passam por estas fases de produção em busca da melhor qualidade com preço competitivo.
Entenda o processo
A fabricação de qualquer produto começa na escolha e compra da matéria-prima.
No caso de camisetas, a maioria das peças são 100% Algodão, o que significa que são utilizados na confecção fibras de algodão.
O Algodão
A fibra têxtil de maior consumo mundial é utilizada há mais de 700 anos, mas foi nos EUA que teve início a cultura intensiva da planta do algodão nos séculos XVII e XVIII.
Durante o processo de fabricação, a primeira etapa aglomera as fibras num fio, através da fiação, e tricota em máquinas teares para obter a malha plana.
A tricotagem consiste em formar uma malha, obrigando o fio a formar laçadas sucessivas.
Antes do tingimento é efetuado um branqueamento do tecido para retirar impurezas ou manchas com Peróxido de Hidrogénio (Água Oxigenada) obtendo um artigo branco e pronto para o tingimento.
Para efetuar o tingimento, pequenas moléculas de corante têm que se fixar às fibras de algodão.
Acabamento
Após a tintura o pano se submete as operações de acabamento para as propriedades finais de toque e aspecto.
Os acabamentos são efetuados em máquinas parecidas com as da tinturaria e possibilitam propriedades de conforto no uso e beleza nas cores.
A confecção
Modelagem
Consiste em produzir “moldes”, que são peças de papel que servem de base ao corte da malha nos formatos e tamanhos adequados em um trabalho moroso e complexo. Os “moldes” servirão de guia ao corte da malha em partes, que posteriormente serão unidas por costura para dar origem à peça confeccionada, de acordo com o desenho que o estilista concebeu.
Neste processo se utiliza a informática, permitindo ao modelista efetuar o trabalho com mais rapidez, precisão e maior perfeição.
Corte
O corte consiste em estender a malha desenrolada por 24 horas para descansar e relaxar as fibras e posteriormente empilhar o tecido em mesas especiais, para efetuar o corte nos modelos e tamanhos pretendidos.
Uma das preocupações na operação de corte é minimizar os desperdícios e consequentemente os custos de matéria-prima.
Hoje em dia a informatização colabora muito nesta fase de produção.
Confecção
Em termos de confecção, a T-shirt é uma peça simples, cujas operações são idênticas.
Para fechar uma camiseta Dimona são usadas máquinas específicas onde se efetua a costura dos lados e ombros, outra onde se coloca a gola e uma especial para bainhas.
As máquinas de costuras são dispostas em fila, cada uma com uma operação diferente, permitindo que a camiseta saia pronta da linha de produção, faltando apenas operações de acabamento.
Acabamentos
Consiste em dar os últimos retoques no controle de qualidade para verificar se a peça não contém defeitos e para a retirada dos fios da costura.
Em seguida, segue para passar e embalar.
Antes da embalagem final, a T-shirt é dobrada em tamanho padrão e etiquetada, para então ser colocada num saco plástico individual.
Por último as T-shirts são dispostas em conjuntos de várias unidades em caixas de papelão e segue para as lojas Dimona, lugar onde nós, consumidores finais, poderemos adquiri-las nos tons da temporada e também criar estampas personalizadas.